BOMBA: CONTA AMIGO FOI CRIADA POR MARCELO ODEBRECHT



A conta corrente "Amigo", usada para fazer os pagamentos de propina a Lula, foi criada por Marcelo Odebrecht.
Você ouviu direito: a "conta corrente da propina" de Lula, com sua respectiva planilha, não foi criada por Emilio Odebrecht, e sim por seu filho, Marcelo.

Desta vez, Renan, não vai dar para abafar



Em 2007, a Veja publicou uma reportagem sobre o envolvimento do cangaço do Senado, mais conhecido como polícia legislativa, em grampos ilegais e violação do sigilo bancário e fiscal de Marconi Perillo.
Marconi Perillo, na ocasião, declarou o seguinte à revista: "É o fim do mundo alguém usar a estrutura do Senado para investigar ilegalmente os senadores. Não tenho provas concretas, mas não descarto que essa coisa abominável possa ter sido causada pela minha atuação em defesa da cassação de Renan Calheiros."
O então corregedor do Senado, Romeu Tuma, pediu abertura de inquérito à PF. A investigação tramitou durante anos, mas acabou arquivada. Marconi Perillo não deu esclarecimentos e determinou à PM de Goiás, que supostamente havia descoberto a atuação do cangaço do Senado, que não desse.
Desta vez, Renan, não vai dar para abafar.

EXCLUSIVO: PEDRÃO DIZ QUE "RECEBIA ORDENS"



O Antagonista apurou que, em depoimento à Polícia Federal mais cedo, o policial Pedro Ricardo, o Pedrão, disse que "recebia ordens de cima". Mas não quis revelar quem dava as ordens para executar varreduras em gabinetes, escritórios e residências de senadores.
O ex-chefe da Polícia do Senado deve querer guardar a carta na manga para negociar uma delação premiada.
O Antagonista sabe quem dava as ordens.

CUNHA PEDIU VARREDURA APÓS OPERAÇÃO DA PF



O Antagonista apurou que Pedro Ricardo, o ex-chefe da Polícia do Senado, contou à Polícia Federal mais cedo que Eduardo Cunha também pediu que fossem feitas varreduras na residência oficial e no gabinete da Presidência da Câmara.
O pedido foi feito poucos dias após a Operação Catilinárias.

Não há inocentes



Quem pediu varredura da Polícia do Senado em suas residências ou escritórios particulares após operações da Lava Jato: Fernando Collor, José Sarney, Gleisi Hoffmann, Eduardo Cunha, Edison Lobão e Edinho.
Algum inocente?

RENAN SABE QUE SERÁ O PRÓXIMO



Renan Calheiros está desesperado porque sabe que será delatado por seu capanga, que foi preso na sexta-feira por sabotar ações da Lava Jato.

Advogados de Cunha entram com pedido de habeas corpus

Os advogados do ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), preso na última quarta-feira, entraram com um pedido de habeas corpus na manhã desta segunda-feira com o objetivo de retirá-lo da prisão. O HC está com o desembargador João Pedro Gebran Neto, do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), e não há previsão ou prazo para decisão.
O ex-presidente da Câmara dos Deputados já havia classificado sua prisão como “absurda” afirmando que o pedido usava argumentos de uma ação cautelar extinta pelo Supremo Tribunal Federal (STF). Por meio de nota, Cunha afirmou que “a referida ação cautelar do supremo, que pedia minha prisão preventiva, foi extinta e o juiz, nos fundamentos da decretação de prisão, utiliza os fundamentos dessa ação cautelar, bem como de fatos atinentes a outros inquéritos que não estão sob sua jurisdição, não sendo ele juiz competente para deliberar”.

Cunha inquieto?



A defesa de Eduardo Cunha entrou com mais um pedido de liberdade do seu cliente -- desta vez, no Tribunal Regional Federal da 4ª Região.
Cunha está preso há cinco dias.

Jovem se mete em discussão e morre com tiro na cabeça ao defender amigo


Por Elizangela Jubanski e Antônio Nascimento

vitorino1
Vitorino recebe diversas homenagens em sua página na rede social Facebook. Foto: Reprodução

Um jovem de 29 anos foi assassinado dentro de casa na noite deste domingo (23), no bairro Alto Boqueirão, em Curitiba. Leandro de Jesus Vitorino foi morto por um disparo de arma de fogo na região da cabeça ao tentar defender o amigo dele, que seria o alvo dos atiradores. O amigo fugiu e Vitorino morreu na hora.
O crime aconteceu dentro da casa da vítima, na rua Zenite Puci, por volta das 22h30. Dois homens em uma motocicleta entraram na residência e iniciaram uma discussão com o amigo de Vitorino – que ainda não foi identificado.
“Dois homens em uma moto preta entraram na casa, mas o alvo mesmo seria o amigo dele. Como a vítima interveio na situação para tentar defender o amigo, acabou levando um tiro na cabeça”, contou a tenente Jéssica de Moraes à Banda B.
O Serviço Integrado de Atendimento ao Trauma em Emergência (Siate) foi acionado, assim como a Polícia Militar (PM), mas Vitorino não resistiu aos ferimentos e morreu. “Esse amigo não estava mais lá quando a polícia chegou, ele já tinha ido embora. Familiares não disseram nada, mas pela região era acerto de contas por drogas, provavelmente”, finalizou a tenente.
O corpo do jovem foi recolhido ao Instituto Médico Legal (IML) de Curitiba e o caso será investigado pela Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).
RMC
Em Balsa Nova, um homem de 39 anos, ainda sem identificação oficial, foi morto dentro de uma chácara, na rua Manoel Knapk. Moradores ouviram disparos de arma de fogo, mas a polícia ainda não sabe quem cometeu o crime.
IML
Neste fim de semana, o IML registrou 15 mortes violentas da noite de sexta-feira (21) até a manhã de hoje. Do total, oito pessoas foram assassinadas, três foram vítimas do trânsito, duas de quedas e outras duas estão na dependência de exames complementares que indiquem a causa da morte.

"Vou rezar por vocês", disse o Ministro da Saúde



O Antagonista soube que, em recente reunião com representantes da Unimed, Ricardo Barros disse que iria "rezar" pela empresa, que enfrenta graves problemas financeiros.
Quem participava do encontro ficou constrangido pelo ministro, que se levantou e foi embora após prometer as preces.
Para aprovar seu "plano popular de saúde", Barros não está muito interessado na ressurreição da Unimed.

Meu Senado, minha vida



Não satisfeito com a nota divulgada na semana passada, Renan Calheiros se queixou da Operação Métis diretamente com o ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, informa Andréia Sadi.
Renan tem certeza de que o Senado é dele.

Moradora encontra recém-nascida em lixeira de casa, liga para os bombeiros e comove nas redes sociais


Por Elizangela Jubanski

gizele-bebe
Bebê ainda carregada cordão umbilical. Foto: Gizele Oliveira/Facebook
Um recém-nascido foi encontrado na lixeira de uma casa no bairro Pineville, em Pinhais, na região metropolitana de Curitiba, na manhã desta segunda-feira (24). O bebê é do sexo feminino, estava vivo, embora quieto, enrolado em um moletom e também em um cobertor. A moradora que encontrou a criança fez um relato no Facebook e divulgou duas fotos do momento.
O bebê foi deixado na lixeira de uma casa na rua Marian Kosmiej e encontrado por volta das 9h30. Segundo Gizele Oliveira, o recém-nascido ainda trazia o cordão umbilical. “Estava de barriga pra baixo enrolada em um moletom, com frio e roxa. Tirei e enrolei em um cobertor aquecendo. Quando tiramos da lixeira, ela chorou .Estava viva e respirando. Deu um suspiro forte aliviada que alguém veio salvá-la. Fiquei com ela o tempo todo até o Corpo de Bombeiro chegar”, diz o relato da jovem em uma postagem no ‘Clube da Alice’, um grupo secreto de mulheres que fomenta negócios e informações gerais. A postagem tem cerca de 10 mil curtidas.
A Polícia Militar (PM) foi acionada e o caso foi encaminhado a Delegacia de Pinhais. Ninguém foi visto próximo ao local onde o bebê estava. No entanto, investigações poderão utilizar câmeras de segurança para apurar detalhes.
Estado de saúde
A prefeitura de Pinhais confirmou a entrada do bebê no Hospital e Maternidade Pinhais. A criança passa bem e está recebendo os primeiros atendimentos. A princípio, o bebê será encaminhado ao Conselho Tutelar. A assessoria do Hospital informou que irá se pronunciar mais tarde.