Nono dígito de celular chega ao Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul


A partir deste domingo (6), as linhas telefônicas móveis da Região Sul do país terão que adicionar o nono dígito aos seus números. Os estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul são os últimos dos 27 estados da federação a ganharem a adição do número 9 à frente de seus antigos números de celular.
Portanto, os seguintes DDDs serão afetados: 41, 42, 43, 44, 45 e 46 (Paraná); 47, 48 e 49 (Santa Catarina); 51, 52, 53 e 54 (Rio Grande do Sul). É válido ressaltar que a modificação só afeta as linhas móveis e não as fixas. A mudança, que começou a ser implementada ainda em 2012, ocorrerá de maneira similar ao que aconteceu nos outros estados.
O nono dígito já foi implementado em todos os estados da federação (Foto: Isadora Díaz/TechTudo)O nono dígito já foi implementado em todos os estados da federação (Foto: Isadora Díaz/TechTudo)
Aplicativo do TechTudo: receba dicas e notícias de tecnologia no seu celular 
A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) explica: “O dígito 9 (nove) deverá ser acrescentado à esquerda dos atuais números, que passarão a ter o seguinte formato: 9xxxx-xxxx”. Com isso, fica completa a adição do nono dígito em todo o território nacional.
É importante notar que haverá um processo de transição. Por exemplo, do dia 6 ao dia 15 de novembro, todas as ligações feitas com os oito ou nove dígitos ainda serão completadas. Do dia 16 de novembro de 2016 até o dia 13 de fevereiro de 2017, quem tentar fazer uma ligação utilizando apenas os oito dígitos receberá uma mensagem informando a mudança.
A implementação do nono dígito é importante para aumentar a disponibilidade de números de celular, à medida que o número de linhas ativas cresce dia a dia. Com isso, o crescimento da telefonia móvel fica garantido por mais alguns anos.
Para não obrigar nenhum usuário a adicionar manualmente o 9 a frente dos contatos, existem vários apps que fazem essa mudança automaticamente. Dentre eles, os melhores são: Operadora DDD, para Android9 Dígitos, para iPhone (iOS) e BR9 para Windows Phone.

Motorista do ônibus diz que condutor do caminhão foi culpado por acidente que matou 21 pessoas


Do Portal O Bem Dito


Na tarde desta sexta-feira (04) o motorista do ônibus que transportava pacientes de Altônia para Umuarama, Bruno Ferrarini, afirmou que o acidente que matou 21 pessoas foi causado pelo condutor do caminhão, Sérgio Ademir Luiz Scaravonatto, 50, vítima fatal. Ainda abatido, o sobrevivente concedeu entrevista coletiva com a sua versão do que houve.
altomnia
(Foto: Portal Altônia)
Preliminarmente a Polícia Rodoviária Estadual (PRE) já tinha indícios de que o condutor do caminhão de leite teria invadido a pista contrária, no entanto, o laudo final com o posicionamento da Polícia Criminalística só será concluído na semana que vem.
Ferrarini saiu ontem (03) do hospital e acredita que o condutor do caminhão dormiu ao volante. “Infelizmente o caminhão invadiu o meu lado”, declarou. “Eu acredito que ele pode ter dormido, e quando acordou teve a reação de controlar o caminhão e acabou acontecendo isso”, completou.

Trump é retirado às pressas de palco em comício


estadao-5-8-3-6-1-1

trump
Foto: John Locher|AP

O candidato republicano à presidência dos Estados Unidos, Donald Trump, foi retirado às pressas do palco de um salão de convenções em Nevada, depois que um homem foi abordado por guardas armados e levado para fora do local.
John Atyeo, um dos participantes do evento, relatou que o homem tinha uma arma. As pessoas usualmente passam por verificação de armas e por detectores de metal, antes de entrar em eventos de campanha presidencial.
Embora grande parte da multidão logo à frente do palco tenha se dispersado, muitos na plateia começaram a gritar “USA”, quando o homem foi algemado.
Em um comunicado na noite de sábado, Trump expressou sua gratidão ao “Serviço Secreto e aos recursos de aplicação da lei em Reno e no estado de Nevada, pela resposta rápida e profissional”.
Cerca de 10 minutos depois de deixar o palco, Trump retornou e disse: “Ninguém disse que ia ser fácil para nós, mas nunca vamos parar. Nunca, jamais…”
Antes da interrupção, Trump prometeu à multidão a paz e a prosperidade, se eleito.

Cansada de apanhar, esposa mata marido embriagado dentro de casa em Curitiba; família nega


Por Elizangela Jubanski e Daniela Sevieri

As brigas rotineiras e os gritos de uma mulher, agredida constantemente pelo marido, fizeram os vizinhos ficar, novamente, em alerta na noite deste sábado (30), em Curitiba. O que era para ser algo comum dentro da família, infelizmente há anos, terminou em tragédia, desta vez.  Meire Barbosa atingiu o marido José Antônio Severiano, 50 anos, com uma faca. O ferimento atravessou o peito e ele morreu em poucos minutos. Os vizinhos entraram na casa para ajudar, mas Severiano já estava morto. Ele era funcionário da montadora Renault há cerca de 7 anos.
A família morava na rua Coronel Domingos Theodorico de Freitas, no bairro Sítio Cercado. Vizinhos disseram que as brigas eram comuns e a mulher amanhecia com rostos, braços e pernas machucados, após as discussões. O homem sofria com alcoolismo e se tornava uma pessoa agressiva.
Na noite de ontem, ele teria iniciado uma discussão, assim que chegou em casa. Para se defender, ela foi até a cozinha e se armou com uma faca. Segundo testemunhas, não confirmada pela Polícia Militar (PM), o homem não se intimidou com a faca e foi para cima da esposa, que o atingiu com um golpe no peito.
Severiano caiu no chão e agonizou por alguns minutos. A versão da família dele é que a esposa estaria desconfiada de uma relação extraconjugal e passou a ameaçá-lo. “Ela toma remédios controlados e bebe diariamente. Há dois meses ela surtou, dizendo que meu tio tinha outra mulher, mas ele não tinha. Ela colocou fogo em todas as roupas dele, ficaram duas semanas separados, e depois voltaram. Ontem, ela pensou que ele estava traindo ela. Não teve luta corporal, ele não teve nem como se defender”, alega a sobrinha de Severiano, Camila de Almeida.
O Serviço Integrado de Atendimento ao Trauma em Emergência (Siate) foi acionado, mas em vão. O corpo dele foi recolhido pelo Instituto Médico Legal (IML) de Curitiba. A esposa permaneceu no local, foi detida em flagrante e conduzida à delegacia. Ela pode ser indiciada por homicídio simple

Empresário que dirigia Jaguar mata pedestre na BR-277 e polícia descobre carteira cassada


Por Elizangela Jubanski e Daniela Sevieri

jaguar-balsa-nova
Motorista parou no local, mas estava com CNH cassada. Foto: PRF/Divulgação

Um empresário, que dirigia um Jaguar  Super V8, atropelou e matou um pedestre na BR-277, região de Balsa Nova, região metropolitana de Curitiba, na noite deste sábado (5). A vítima não está identificada e ficou completamente desfigurada, já que também foi atropelada por uma motocicleta que seguia atrás do Jaguar.
jaguar-balsa-nova-1
Jaguar Super V8 teve destruição no parabrisa. Foto: PRF/Divulgação
O acidente aconteceu por volta das 20 horas no quilômetro 137. “Foi na pista sentido Curitiba, próximo a uma balança que existe no local. O pedestre, provavelmente um andarilho, segundo policiais rodoviários federais que atenderam a ocorrência, ele tem mais de 30 anos de idade”, contou o policial rodoviário federal Fernando Oliveira.
Agentes da PRF conseguiram precisar apenas que a vítima era um homem, devido ao estado do corpo. “O motorista, que tem 68 anos e é dirigente de uma associação empresarial de Ponta Grossa, dirigia com a carteira de habilitação suspensa, o que configura crime de trânsito”, alertou o policial Oliveira.
Não há informações sobre a velocidade do carro no momento do acidente. O Siate foi acionado, mas o motociclista que caiu com o atropelamento sofreu ferimentos moderados. Já o motorista do carro importado foi encaminhado para a Delegacia de Polícia de Campo Largo. O artigo 307 do Código de Trânsito diz que violar a suspensão da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) é crime com pena de detenção de seis meses a um ano.
Além disso, o motorista terá nova suspensão adicional ao idêntico prazo de suspensão e/ou proibição. Ele também poderá responder por homicídio culposo, sem intenção de matar. O nome do empresário não foi divulgado de maneira oficial.
Outros 
Em Jandaia do  Sul, na BR 376, por volta das 17 horas, uma pessoa morreu em um acidente entre um caminhão e uma motocicleta. O acidente aconteceu no quilômetro 218. A vítima fatal foi o motociclista, que teve o corpo recolhido ao IML de Apucarana.
Em São José dos Pinhais, no quilômetro 100 da BR-116, outra pessoa morreu atropelada. De acordo com informações repassadas pela PRF, dois amigos atravessavam a rodovia quando um veículo, em alta velocidade, atropelou um deles. O rapaz não resistiu aos ferimentos e morreu no local. O motorista fugiu sem prestar socorro. Os policiais ainda não possuem a identificação oficial dessa vítima. O corpo dele foi encaminhado ao IML de Curitiba.

Motorista perde o controle, destrói carro na Avenida Kennedy; pai morre e filho é ejetado


Por Elizangela Jubanski e Daniela Sevieri



Um veículo Volkswagen Santana ficou completamente destruído na noite deste sábado (5) ao colidir contra uma árvore na Avenida Presidente Kennedy, no bairro Portão, em Curitiba. O motorista foi socorrido em estado gravíssimo ao Hospital Cajuru, mas não resistiu e morreu horas depois. Ele foi identificado como Irandir de Jesus Santos. A esposa, de 45 anos, que estava no banco do passageiro, também ficou ferida gravemente e o filho de 19 foi ejetado do carro, mas socorrido com ferimentos generalizados ao Hospital do Trabalhador.
O acidente aconteceu por volta das 22 horas em frente a antiga sede do banco HSBC (Bradesco). Testemunhas que estavam em outro carro e pararam para prestar os primeiros atendimentos disseram no local que a família parecia estar discutindo. Também, segundo eles, não há informações sobre outro carro que teria participado do acidente.
Duas ambulâncias do Serviço Integrado de Atendimento ao Trauma em Emergência (Siate) do Corpo de Bombeiros foram acionadas. Pelo horário, testemunhas e outros curiosos pararam no local, mas não houve registro de fluxo intenso por causa do acidente.O corpo do motorista foi recolhido pelo Instituto Médico Legal (IML) às 4 horas da madrugada.

Do Instituto Lula ao "Amigo"



O Estadão fez um apanhado da delação da Odebrecht:
"A Odebrecht vai delatar crimes ocorridos em obras de construção, infraestrutura, óleo e gás, empreendimentos imobiliários – como a aquisição do terreno do Instituto Lula -, petroquímica e defesa, no Brasil e, até agora, em sete países. Há executivos que atuaram em Angola, no Panamá, Argentina, Estados Unidos, República Dominicana, Moçambique e Venezuela."
E mais:
"A Odebrecht ficou encurralada após a descoberta do Setor de Operações Estruturadas interno – tido como o departamento da propina – e viu na delação a chance de salvar o grupo... A Lava Jato conseguiu identificar parte das obras suspeitas no Brasil e no exterior após apreender uma grande quantidade de e-mails e informações trocadas pelos integrantes do “departamento da propina”. Somente na 35ª fase, batizada de Operação Omertà, que prendeu o ex-ministro Antonio Palocci, a PF avançou sobre os 38 contratos e instaurou inquérito para apurar quem são os agentes públicos camuflados por codinomes como Shark, Santo, Guerrilheiro e muitos outros. Alguns já foram desvendados: o Amigo, Lula. O Italiano, Palocci. Mas são dezenas de apelidos em referência a políticos e demais beneficiados por “agrados” da empreiteira em troca dos contratos com o setor público."