CABRAL ENVOLVE PEZÃO NA CALICUTE



Em depoimento à Polícia Federal, Sérgio Cabral disse que Hudson Braga, um dos principais operadores do esquema de corrupção desbaratado na Operação Calicute, lhe foi apresentado por Luiz Fernando Pezão.
Cabral disse que conheceu Braga "por volta de 2006/2007" e que ele foi escolhido para o cargo de subsecretário de obras pelo então vice-governador.
O ex-governador, que está preso em Bangu, também disse que não tinha convívio com José Orlando Rabelo, apontado como um dos responsáveis por repasses de propina.
Orlando, segundo Cabral, exerceu função na secretaria de obras quando Pezão era o secretário.

BATOCHIO AGRIDE MORO



O Antagonista obteve trecho do áudio da audiência de Delcídio do Amaral no caso do triplex de Lula. O advogado José Roberto Batochio tentou tumultuar a sessão e foi repreendido por Sérgio Moro.
O que se viu em seguida foi um exemplo completo e acabado de desrespeito à Justiça, com insinuações rasteiras e demonstração inequívoca de soberba.
"O juiz não é dono do processo (...) Se vossa excelência quiser eliminar a defesa, imaginei que isso já tivesse sido sepultado em 1945 pelos aliados, mas vejo que ressurge aqui nessa região agrícola do nosso país (...) então não há necessidade nenhuma de continuarmos essa audiência."

CABRAL DESMEMORIADO



Sérgio Cabral também disse à PF não se lembrar das compras de jóias na H Stern e outras joalherias do Rio, onde pagava em cash por jóias de até 100 mil reais.
Cabral também disse que as acusações dos delatores de que cobrou propina na obra do Comperj são "inverídicas". O ex-governador, pelo visto, acha que pode reverter sua prisão no STJ.
Confira AQUI a íntegra do depoimento.

Caminhada em alusão ao Dia Mundial de Luta Contra o HIV acontece em Colombo


WEBMASTER 21 DE NOVEMBRO DE 2016

Objetivo é sensibilizar a população sobre medidas de prevenção do HIV e incentivar a realização dos testes rápidos

Caminha em alusão ao Dia Mundial de Luta Contra o HIV acontece em ColomboA Prefeitura de Colombo, por meio da Secretaria de Saúde realiza no dia 1 de dezembro, às 10h, uma caminhada em comemoração ao Dia Mundial de Luta Contra o HIV. A caminhada sairá do pátio do Pronto Atendimento Alto Maracanã – localizado na Rua São Pedro, 855, Jardim Nossa Senhora. de Fátima – em direção ao Centro de Especialidades Médicas do Maracanã (CEM).
De acordo com o Secretário da Pasta, Darci Martins Braga, o evento busca sensibilizar a sociedade sobre medidas de prevenção das DST/ HIV e consequentemente o incentivo á realização dos testes rápidos. “Essas atividades são previstas nas políticas públicas de promoção á saúde dos usuários que vivem com HIV e DST. Buscamos fomentar essas ações e convidamos a todos os parceiros e colaboradores para este evento”, disse.
Orientações e exames
Além da tradicional caminhada, estão previstas ações educativas sobre orientações e distribuição de folhetos explicativos sobre DST/HIV nas imediações do CEM e do Terminal Maracanã. Além da realização de testes rápidos com barracas montadas em frente ao CEM, das 8h ao 12h.
Serviço:
Caminha em Comemoração ao Dia Mundial de Luta Contra o HIV
Dia: 01 de dezembro
Horário: 10h
Local: Pátio do Pronto Atendimento Alto Maracanã – Rua São Pedro, 855, Jardim Nossa Sra. de Fatima – em direção ao Centro de Especialidades Médicas do Maracanã (CEM).
Mais informações sobre o trabalho da prefeitura em:
FACEBOOK: facebook.com/pmdecolombo

Prorrogadas as inscrições para o 2º Festival de Música de Colombo

WEBMASTER 21 DE NOVEMBRO DE 2016

As inscrições acontecem até o dia 23 de novembro; o concurso selecionará os melhores artistas de variados estilos para se apresentarem na 54ª Festa da Uva

Cartaz-v2-dstAs inscrições para o 2º Festival de Música de Colombo e a 3ª Seleção e Premiação de Bandas e Músicos foram prorrogadas até o dia 23 de novembro. O evento vai eleger os melhores artistas de variados estilos – para se apresentarem na 54ª Festa da Uva de Colombo. Os interessados podem se inscrever gratuitamente através da Ficha de Inscrição que deverá ser entregue no Departamento de Cultura de Colombo, localizado na Rua XV de Novembro, 105, Centro – Colombo.
A etapa da eliminatória acontecerá entre os dias 29 de novembro e 02 de dezembro. No dia 05 de dezembro sairá o resultado dos finalistas, a partir das 08h. Já o 2º Festival de Música de Colombo e a 3ª Seleção e Premiação de Bandas e Músicos acontecerá no dia 11 de dezembro no Pavilhão de Eventos do Parque Municipal da Uva.
A ação é uma realização da Prefeitura de Colombo, por meio da Secretaria de Esporte, Cultura, Lazer e Juventude em parceria com o Departamento de Cultura e tem como objetivo principal selecionar bandas, grupos, trios, duos ou solo para se apresentarem na 54ª Festa da Uva 2017.
“O nosso objetivo é valorizar ainda mais o cenário musical local, dando visibilidade aos artistas da nossa região. E incentivar o talento musical, revelar talentos no município, valorizar os músicos, os compositores, arranjistas e intérpretes que residem em Colombo”, acrescenta a o secretário da pasta, José Mauri Henemann.
Sobre a premiação
Após a análise serão premiados com troféus, apresentação na 53ª Festa da Uva e cachê, os três primeiros lugares das quatro categorias: Música Sertaneja; Categoria II – Música Autoral da Banda Inscrita; Categoria III – Música Sacra/Gospel e Categoria IV – Pop–Rock/ Instrumental.
– O 1º Lugar por categoria receberá troféu de participação e se apresentará na  Festa e cachê de R$ 1.500,00 (Hum Mil e Quinhentos Reais);
– O 2º Lugar por categoria receberá troféu de participação e se apresentará na Festa e receberá cachê de R$ 1.000,00 (Hum Mil Reais);
– Já o 3º Lugar por categoria receberá troféu de participação, se apresentará na Festa e receberá o cachê de R$ 800,00 (Oitocentos Reais). Vale lembrar, que o local de apresentação/palco e o tempo da apresentação serão definidos pela Comissão Organizadora da Festa.
O Regulamento e a Ficha de Inscrição estarão disponíveis na url: http://portal.colombo.pr.gov.br/downloads/Selecao-de-bandas-2017.pdf e outras informações poderão ser obtidas no telefone (41) 3656-6423/3656-8041 ou e-mail cultura.colombo@yahoo.com.br.
Mais informações sobre o trabalho da prefeitura em:
FACEBOOK: 
facebook.com/pmdecolombo

Em Colombo cancha de Futebol do Imbuial é reformada


WEBMASTER 21 DE NOVEMBRO DE 2016

Objetivo é melhorar a estrutura do local para as crianças do bairro utilizarem a partir de janeiro

Entre as reformas feitas foram colocadas novas traves, demarcações de campo e concerto de telas.
Entre as reformas feitas foram colocadas novas traves, demarcações de campo e concerto de telas.
A partir de janeiro de 2017 a cancha estará disponível para aulas de futebol.
A partir de janeiro de 2017 a cancha estará disponível para aulas de futebol.
A Prefeitura de Colombo, por meio da Secretaria de Esporte, Cultura, Lazer e Juventude concluiu as reformas na Cancha de Futebol do Imbuial, localizada no bairro Imbuial.
Entre as reformas feitas foram colocadas novas traves, demarcações de campo, concerto de telas, além da limpeza geral do local.
Também foi decidido junto da população local que a partir de janeiro de 2017 a cancha estará disponível para aulas de futebol no turno da manhã e da tarde para as crianças do bairro.
“Nosso objetivo com esse trabalho é ocupar essas crianças com uma atividade saudável que poderá gerar benefícios futuros. Iremos continuar investindo na pratica esportiva em Colombo não somente no futebol, mas em várias outras modalidades.” destacou o Diretor do departamento de Esporte, Paulo Cesar Cardoso.
 
Mais informações sobre o trabalho da prefeitura em:
FACEBOOK: facebook.com/pmdecolombo
Foto: Divulgação/ PMC

Feira de adoção e conscientização de animais movimentou Colombo


WEBMASTER 21 DE NOVEMBRO DE 2016

Durante o evento, 19 cães e dois gatos receberam novos lares

A Prefeita de Colombo Beti Pavin, participou da Feira de Animais.
A Prefeita de Colombo Beti Pavin, participou da Feira de Animais.
Durante a programação, os participantes prestigiaram o desfile fashion pet.
Durante a programação, os participantes prestigiaram o desfile fashion pet.
Durante o evento, 19 cães e os dois gatos foram receberam novos lares.
Durante o evento, 19 cães e os dois gatos foram receberam novos lares.
A feira foi realizada nesse domingo (20), no Parque Municipal da Uva.
A feira foi realizada nesse domingo (20), no Parque Municipal da Uva.
A 7ª Feira de Adoção de Animais e Conscientização “Aumigos” de Colombo foi um grande sucesso, isso se deve ao número expressivo de animais doados. A feira foi realizada nesse domingo (20), no Parque Municipal da Uva e contou com 32 cães e dois gatos disponíveis para adoção. Durante o evento, 19 cães e os dois gatos foram receberam novos lares.
A Prefeita de Colombo Beti Pavin esteve presente e ressaltou a importância da sobre guarda responsável. “Neste domingo realizamos a 7ª Feira de Adoção de Animais, onde contamos com a parceria das amigas protetoras e voluntárias que junto conosco promovem estas ações de guarda e adoção consciente para que estes cães e gatos tenham uma família”.
Durante a programação, os participantes prestigiaram o desfile fashion pet. Ao todo, 19 cães desfilaram na passarela pet, além da aula de adestramento grátis, que foi promovida pela Bella Guia Espaço Pet. Já a aula contou com a participação de 17 cães. Além dessas atrações, cinco artesãos expuseram seus trabalhos artesanais em barraquinhas.
“Queremos agradecer a participação das voluntárias do Patinhas Colombo que trouxeram a maioria dos animais de estimação, além de auxiliarem nas adoções dos pets”, disse o Secretário de Meio Ambiente, Evandro Busato. Vale lembrar, que os animais disponíveis para serem levados para casa já estavam vacinados e castrados.
Foram entregues folders com informações sobre guarda responsável e também fez atividade para as crianças como pintura de desenhos e balões de cachorrinho. O objetivo da ação foi chamar a atenção da população para importância da adoção de cães de rua e também sobre a conscientização da guarda responsável.
“O importante é que esses animais consigam uma família. Eles são muito dóceis e necessitam de um lar para receber amor e carinho. É necessário sempre frisarmos que devemos ter consciência, pois eles crescem, ficam adultos e precisam de um lugar adequado e por isso incentivamos a adoção responsável”, destaca Busato.
Para conseguir um animal de estimação era necessário possuir 18 anos, apresentar RG, comprovante de residência e assinar o Termo de Adoção. O evento é uma realização da Prefeitura Municipal de Colombo por meio da Secretaria de Meio Ambiente.
_DSC3353 _DSC3361 _DSC3362 _DSC3365 _DSC3366 (1) _DSC3368 _DSC3374 _DSC3378 _DSC3388 _DSC3390 DSCN6287 DSCN6300 DSCN6315
Mais informações sobre o trabalho da prefeitura em:
FACEBOOK: facebook.com/pmdecolombo
Foto: Marcio Fausto – Divulgação/ PMC

Edital de Divulgação Sessão Ordinária 22/11/2016 O Presidente da Câmara Municipal de Colombo, no uso de suas atribuições legais, divulga a pauta da Sessão Ordinária da CÂMARA de COLOMBO a ser realizada no dia 22/11/2016, às 16 horas


 Projeto de Resolução N°: 3 Ano: 2016 Autor: Mesa Diretiva Assunto Transfere Veículo do patrimônio da Câmara Municipal de Colombo, à Secretaria Municipal de Administração de Colombo Situação: 1ª Votação

 Projeto de Lei do Executivo N°: 14 Ano: 2016 Autor: Executivo Municipal Assunto Altera a redação da Lei Municipal n° 1.412, de 24/05/2016, que dispõe sobre a criação do Conselho da Cidade de Colombo-PR - CONCIDADE COLOMBO, conforme especifica Situação: 1ª Votação

Projeto de Lei do Executivo N°: 15 Ano: 2016 Autor: Executivo Municipal Assunto Cria o Fundo Especial da Procuradoria Geral do Município de Colombo - FEPGM, na forma que especifica e dá outras providências Situação: 1ª Votação

 Indicação N°: 524 Autor: Estefano Polichuk Destinatário: Secretaria Municipal de Obras e Viação Assunto: Manutenção da cerca de tela do estádio municipal Lorde Geraldo, no bairro Rio Verde, situo à rua Getúlio Vargas.

 Indicação N°: 525 Autor: Estefano Polichuk Destinatário: Secretaria Municipal de Planejamento Assunto: Estudo para construção de capela mortuária no bairro Alto da Cruz, nas proximidades da capela Nossa Senhora de Fátima.

 Indicação N°: 526 Autor: Estefano Polichuk Destinatário: Secretaria Municipal de Obras e Viação Assunto: Manutenção dos equipamentos da academia ao ar livre no bairro Rio Verde, ao lado do Ginásio Municipal.

Indicação N°: 527 Autor: Vagner Brandão Destinatário: Secretaria Municipal de Obra e Viação Assunto: Venho solicitar, com a máxima urgência, patrolar, nivelar e ensaibrar toda extensão da Rua do Condor Stª Tereza.

 Indicação N°: 528 Autor: Eurico Braz de Bomfim Destinatário: Secretaria Municipal de Urbanismo Assunto: Solicito à Secretaria, estudos para implantação de asfalto de baixo custo na Rua Nigéria, no bairro Campo Pequeno.

 Indicação N°: 529 Autor: Eurico Braz de Bomfim Destinatário: Secretaria Municipal de Urbanismo Assunto: Solicito à Secretaria, estudos que viabilizem a implantação de uma lombada na Rua Tailândia, no bairro Campo Pequeno.

 Indicação N°: 530 Autor: Eurico Braz de Bomfim Destinatário: Secretaria Municipal de Obras e Viação Assunto: Solicito junto à Secretaria a manutenção da Rua Jaguariaíva localizada na Vila São José.

 Indicação N°: 531 Autor: Eurico Braz de Bomfim Destinatário: Secretaria Municipal de Obras e Viação Assunto: Solicito à Secretaria a manutenção da Rua Andirá na Vila São José.

 Indicação N°: 532 Autor: Eurico Braz de Bomfim Destinatário: Secretaria Municipal de Obras e Viação Assunto: Solicito à Secretaria a manutenção da Rua Paranaguá na Vila São José.

 Indicação N°: 533 Autor: Eurico Braz de Bomfim Destinatário: Secretaria Municipal de Obras e Viação Assunto: Solicito à Secretaria a manutenção da Rua Campo Largo no bairro Guaraituba.

 Indicação N°: 534 Autor: Eurico Braz de Bomfim Destinatário: Secretaria Municipal de Obras e Viação Assunto: Solicito à Secretaria a manutenção da Rua Formosa do Oeste na Vila São José.

 Indicação N°: 535 Autor: Dolíria Strapasson Destinatário: Secretaria Municipal de Obras e Viação Assunto: Viabilizar uma equipe de manutenção para desentupir os bueiros da Rua Antônio Chemin, em frente ao Instituto Federal do Paraná – Campus Colombo (número 28), bairro Roça Grande.





Colombo, 21 de novembro de 2016.



WALDIRLEI BUENO DE OLIVEIRA

Presidente



Edital de Convocação Sessão Extraordinária 22/11/2016


 O Presidente da Câmara Municipal de Colombo, no uso de suas atribuições legais, convoca os Vereadores para a Sessão Extraordinária a ser realizada no dia 22/11/2016, após a Sessão Ordinária, para deliberarem sobre as seguintes matérias:

 Projeto de Resolução N°: 3 Ano: 2016 Autor: Mesa Diretiva Assunto Transfere Veículo do patrimônio da Câmara Municipal de Colombo, à Secretaria Municipal de Administração de Colombo Situação: 2ª Votação

 Projeto de Lei do Executivo N°: 14 Ano: 2016 Autor: Executivo Municipal Assunto Altera a redação da Lei Municipal n° 1.412, de 24/05/2016, que dispõe sobre a criação do Conselho da Cidade de Colombo-PR - CONCIDADE COLOMBO, conforme especifica Situação: 2ª Votação

 Projeto de Lei do Executivo N°: 15 Ano: 2016 Autor: Executivo Municipal Assunto Cria o Fundo Especial da Procuradoria Geral do Município de Colombo - FEPGM, na forma que especifica e dá outras providências Situação: 2ª Votação



 Colombo, 21 de novembro de 2016.



WALDIRLEI BUENO DE OLIVEIRA

Presidente

#EuQuero10Medidas no topo do mundo



O tuitaço convocado pelo Ministério Público Federal em favor da aprovação das Dez Medidas contra a corrupção já é o quinto assunto mais comentado mundialmente no Twitter.
Nossa sugestão: compartilhem com os nobres deputados que faltaram à sessão da semana passada. A primeira parte da lista está aqui; e a segunda é esta aqui.


Preventiva para ex-secretário de Cabral


Wilson Carlos, ex-secretário de Sérgio Cabral, teve sua prisão temporária transformada em preventiva pelo juiz Sérgio Moro. Carlos é apontado pelo MPF como operador administrativo de Cabral e responsável pela cobrança das propinas ajustadas com as empreiteiras.
Em seu despacho, Moro disse que "os indícios cumpridamente analisados nesta decisão somam-se ao teor dos depoimentos prestados pelos quatro colaboradores, incluindo um ex-diretor da Petrobras e três altos executivos da Andrade Gutierrez, analisados na decisão de 10 de novembro de 2016, segundo os quais teria havido pagamento de propinas pela Andrade Gutierrez a Sérgio Cabral, a Carlos Miranda e a Wilson Carlos, em vários contratos e obras públicas, inclusive no contrato da empreiteira com a Petrobras para as obras de terraplanagem no Comperj (Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro)".

Aberta investigação sobre Geddel


O conselheiro José Saraiva que havia pedido vista no processo de Geddel na Comissão de Ética da Presidência da República voltou atrás e a investigação sobre o peemedebista será aberta

Câmara de Colombo promove curso de capacitação para vereadores da Gestão 2017/2020




            
Clique na foto para ampliar
Clique na imagem para ampliar
Oficialmente, os 17 vereadores eleitos pela população de Colombo nas Eleições Municipais de 2 de outubro, iniciam seus trabalhos na Câmara Municipal apenas em 1º de janeiro de 2017. Mas na manhã desta sexta-feira (18/11) iniciaram sua preparação para atuar no Legislativo, ao participarem do curso de capacitação “Vereador e seu papel no Poder Legislativo”, promovido pela Escola do Legislativo.
No curso, os vereadores da legislatura 2017-2020 ouviram palestras de funcionários e servidores da Câmara sobre questões administrativas da instituição, as atribuições do vereador e as tramitações legislativas. O evento foi iniciado com a fala do atual presidente da Câmara, o vereador Professor Waldirlei Bueno (Solidariedade) que destacou a importância de os eleitos pela população da oitava maior cidade do Paraná atuarem com responsabilidade na fiscalização e aconselhamento do Executivo e na elaboração de leis para o município.

“É muito gratificante exercer um cargo de responsabilidade em um estado democrático de direito, em que são três os poderes e Legislativo tem papel essencial. Muitas vezes esquecemos esse poder e não o fazemos valer. Nosso papel desenvolver um trabalho no Poder Legislativo correto e indicando caminhos”, afirmou Bueno.

Em seguida, os novos vereadores assistiram a um vídeo sobre o trabalho do Legislativo municipal. O assessor jurídico Daniel Freitas destacou as atribuições do vereador pautados na legislação e suas funções, destacando que a atuação do legislador deve ser baseada nos princípios da administração pública de legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade, eficiência, motivação, supremacia e interesse público. Freitas também destacou a importância do conhecimento do Regimento Interno e do Código de Ética da Câmara, assim como da Lei Orgânica do Município, que regem a atuação do Legislativo colombense.

Em seguida, a chefe da divisão de apoio Legislativo, Lucirene Cavassin, explicou os procedimentos internos de protocolo para a tramitação das proposições, apresentadas em forma de processo. A assessora de imprensa Andreia Strapassan, que apresentou o funcionamento administrativo da Casa, como uso de recursos financeiros e patrimônio.

Os vereadores também ouviram a jornalista Adriana Brum, sobre a importância da comunicação pública e das atribuições da assessoria de imprensa da Casa.
Participaram do curso de capacitação os vereadores eleitos Élcio do Aviário (PSDB), Dr. Antoninho (PSDB), Issa (PTB-PTB/PMN), Marcos Dumonte (PEN-PTC/PEN), Edson Baggio (PTC-PTC/PEN), Vardão (PSB-PV/PSB), Angelo Bertinardi (PTC-PTC/PEN), Pastos Jerçon (PSL-PRP/PSL/PP) e os reeleitos Anderson Prego (PT-PTB/PROS-PT) e Eurico Dino (PR-PR/PRTB).

Novatos – Para a próxima legislatura, o número de vereadores passará de 21 para 17 vereadores. A redução foi determinada pela Emenda à Lei Orgânica 12/2015, aprovada em 7 de julho de 2015. Entre os que assumem o posto em 1º de janeiro de 2017, oito já exercem o cargo na gestão 2013/2016 e foram reeleitos. Outro sete vão ocupar cargo de vereador pela primeira vez: Marcos Dumonte; Pastor Jerçon; Thiago de Jesus; Elcio do Aviário; Vardão; Issa; Edson Baggio.

Como o Facebook pretende lidar com notícias falsas



  • Mariana Bazo/Reuters
O fundador do Facebook, Mark Zuckerberg, anunciou planos para combater a circulação de notícias falsas na rede social.
O Facebook foi alvo de polêmica após a eleição de Donald Trump para a presidência dos Estados Unidos, quando usuários, pesquisadores e colunistas de jornais americanos afirmaram que notícias falsas sobre os candidatos podem ter influenciado a escolha dos eleitores.
Os críticos afirmam ainda que a empresa não toma providências suficientes para impedir que grupos políticos espalhem boatos na rede.
Na noite do último sábado, Zuckerberg disse, novamente em uma publicação em seu perfil na rede social, que a empresa "trabalha com esse problema há muito tempo e leva essa responsabilidade a sério".
Mas ele afirmou também que o tema é "complexo, tecnicamente e filosoficamente", já que o Facebook não quer desestimular o compartilhamento de opiniões ou tornar-se "árbitro da verdade".

Propostas

O CEO disse ainda que a empresa desenvolve sete propostas para combater a desinformação de maneira mais eficiente:
  • Desenvolver sistemas técnicos mais eficientes, para detectar o que as pessoas irão denunciar como falso antes que elas façam isso;
  • Tornar mais fácil o processo de denúncia reportagens falsas;
  • Fazer parcerias com organizações de checagem de fatos;
  • Rotular os links que foram denunciados como notícia falsa e mostrar avisos quando as pessoas lerem ou compartilharem estes links;
  • Aumentar a exigência de qualidade para os links que aparecem como "relacionados" na linha do tempo;
  • Dificultar o lucro dos sites de notícias falsas com anúncios;
  • Trabalhar com jornalistas para aprender métodos de checagem de fatos.
"Algumas dessas ideias irão funcionar e outras não, mas quero que vocês saibam que sempre levamos isso a sério, entendemos a importância deste assunto para nossa comunidade e estamos determinados a resolver isso", afirmou o empresário.
A controvérsia mostra que, com mais poder, empresas como o Facebook terão suas práticas cada vez mais questionadas, diz o analista de tecnologia da BBC Dave Lee. E precisam saber responder a estes questionamentos.
"Há um abismo de prestação de contas entre o que as empresas de tecnologia fazem e o que permitem que o público fique sabendo. Não dá mais para Zuckerberg negar um problema e esperar que as pessoas simplesmente acreditem na palavra dele", afirma.
"As ambições globais de Zuckerberg dependerão da sua habilidade de ser um político astuto. A polêmica das notícias falsas foi um teste importante e ele não se saiu bem - arrastando o assunto por mais de uma semana."

Ideia 'maluca'

Zuckerberg chegou a responder às acusações dizendo que a ideia de que notícias falsas na rede social teriam influenciado as eleições era "bem maluca" em uma conferência de tecnologia na Califórnia. E afirmou, em seu perfil, que 99% do conteúdo noticioso que circula no site é "autêntico".
Na mensagem deste sábado, ele voltou a afirmar que "o percentual de desinformação é relativamente pequeno".
Mas após suas declarações iniciais, o site Buzzfeed noticiou que funcionários do Facebook, insatisfeitos com a resposta do fundador da empresa, criaram uma força-tarefa informal para abordar o problema.
O site também publicou um levantamento mostrando que notícias falsas tiveram maior engajamento (participação) no site do que as verdadeiras nos três meses anteriores à eleição.
O número de sites de notícias falsas têm aumentado por causa dos lucros que podem ser obtidos com a venda de anúncios publicitários nestas páginas.
Alguns passam do conteúdo humorístico e satírico para invenções mais elaboradas porque acreditam que este conteúdo tende a ser mais compartilhado nas redes sociais - o que, por sua vez, gera mais acesso ao site.
Uma das reportagens mais compartilhadas no Facebook durante o período eleitoral americano, por exemplo, dizia que o papa Francisco declarou publicamente seu apoio a Donald Trump, algo que não ocorreu.
Na última segunda-feira, o Google anunciou que faria mais para impedir que sites de notícias falsas ganhem dinheiro através de anúncios em seu buscador.
Em seguida, o Facebook fez uma restrição semelhante ao uso de seu sistema de anúncios.

'Dez Medidas' para Carlos Marun



Carlos Marun, aniversariante do dia, é um dos principais articuladores da manobra para encaixar a anistia do caixa dois no relatório de Onyx Lorenzoni na comissão especial da Câmara sobre as Dez Medidas -- a sessão para análise do parecer está marcada para as 14h de amanhã.
Com a manobra -- por ora -- fracassada, ele disse que o relatório de Lorenzoni "não passa".
Aqui estão os contatos do deputado do PMDB de Mato Grosso do Sul, o amigão de Eduardo Cunha que resolveu tentar cavar algum protagonismo político da forma mais deplorável:
Telefone do gabinete: (61) 3215-5372
E-mail: dep.carlosmarun@camara.leg.br
Twitter: @deputadomarun
Mãos à obra, antagonistas!

Lava Jato em dobro



A 7° Vara do Rio de Janeiro, que mandou Sérgio Cabral para Bangu 8, se dedicará exclusivamente à Lava Jato, informa a coluna de Lauro Jardim, em O Globo.
A decisão foi tomada pelo TRF-2.
Isso vai dobrar o poder de fogo da Lava Jato.
Além do juiz Sergio Moro, de fato, agora teremos o juiz Marcelo Bretas.

Medida para punir juízes tem apoio de maioria em comissão da Câmara


Em Brasília

  • Alan Marques/Folhapress
    Dos 30 parlamentares que compõem a comissão, 18 apoiam a punição de magistrados, promotores e procuradores por crime de responsabilidade
    Dos 30 parlamentares que compõem a comissão, 18 apoiam a punição de magistrados, promotores e procuradores por crime de responsabilidade
A maioria dos deputados da comissão especial da Câmara que discute o pacote de medidas anticorrupção é favorável à inclusão de juízes, desembargadores e todos os membros do Ministério Público no rol de autoridades que podem responder por crime de responsabilidade, mas é contra a anistia explícita à prática de caixa 2.
Levantamento feito pelo jornal "O Estado de S. Paulo" mostra que, dos 30 parlamentares que compõem a comissão, 18 apoiam a punição de magistrados, promotores e procuradores por crime de responsabilidade. Outros sete integrantes são contra a medida, dois afirmaram ainda não ter uma posição formada e dois não responderam.
Atualmente, a lei que trata do assunto, de 1950, estabelece que só estão sujeitos ao crime o presidente da República e o vice, ministros de Estado e do Supremo Tribunal Federal (STF), o procurador-geral da República, governadores e secretários estaduais. Pela legislação atual, a autoridade que vier a ser punida por esse crime perderá o cargo.
Em relação à anistia ao caixa 2, apenas José Carlos Araújo (PR-BA) admitiu à reportagem ser favorável que o texto final do projeto que sairá da comissão traga escrito de maneira clara que políticos, empresários e partidos que cometeram atos ilícitos antes da aprovação da tipificação do crime não sejam punidos. "A lei não pode ser feita para retroagir. Tem que ser daqui para frente", afirmou o parlamentar, que é presidente do Conselho de Ética da Câmara.
Os dois temas têm causado impasse no colegiado e fizeram com que a votação do parecer elaborado pelo deputado Onyx Lorenzoni (DEM-RS), marcada para a semana passada, fosse adiada.
Na quinta-feira passada, o relator negou que iria incluir no seu relatório o perdão aos políticos que fizeram uma contabilidade paralela nas eleições, mas admitiu que está discutindo a questão sobre crime de responsabilidade com os parlamentares e integrantes do Ministério Público para encontrar uma alternativa ao impasse.

Recuo

A inclusão dessas autoridades na lei de responsabilidade não constava do pacote anticorrupção original enviado pelo Ministério Público Federal ao Congresso Nacional, mas foi posteriormente incluída por Lorenzoni em seu parecer.
Segundo a proposta, magistrados que se pronunciarem fora dos autos sobre qualquer processo, por exemplo, poderiam ser enquadrados. Após conversar com integrantes da força-tarefa da Operação Lava Jato de Curitiba, porém, o relator desistiu da medida, o que irritou deputados.
O discurso dos parlamentares favoráveis à punição mais severa a magistrados e membros do MP é de que ninguém está acima da lei, nem mesmo juízes e procuradores.
"Sou favorável à responsabilização pessoal de todos por seus erros", disse o deputado Carlos Marun (PMDB-MS). "Nós precisamos estender essa vigília contra a corrupção a todos os Poderes, o foco está muito no Legislativo e no Executivo", disse o deputado Zé Geraldo (PT-PA).
O presidente da comissão, Joaquim Passarinho (PSD-PA), também disse concordar com alguma medida nesse sentido, e defendeu que parlamentares e Ministério Público entrem em consenso sobre o caso.
Dos deputados que se declararam contra a proposta, a maioria afirmou que concordava com o mérito, mas não com o momento da discussão. Esse é o caso da deputada Angela Albino (PC do B-SC ).
Caso não consigam incluir a proposta no pacote, líderes da Câmara já articulam um plano B para que a previsão de crime de responsabilidade entre no projeto de Lei do Abuso de Autoridade que tramita no Senado.

Caixa 2

Apesar de somente um deputado admitir ser a favor da anistia ao caixa 2, líderes partidários articulam a possibilidade de apresentar um voto em separado na comissão sobre o assunto. A ideia é que o texto deixe explícito o perdão aos crimes cometidos em eleições passadas e impeça a Justiça de punir os políticos com base em outros crimes, como corrupção e lavagem de dinheiro.
Caso não consigam passar o texto na comissão, o plano é que uma emenda seja apresentada a algum projeto diretamente no plenário da Câmara. As informações são do jornal "O Estado de S. Paulo".