Renan Calheiros e Michel Temer querem, mais uma vez, ultrajar a nação na calada da noite, agora com a votação para aprovar a tal lei de "abuso de autoridade".
O Brasil saberá responder à altura.